A inteligência dos Elevadores modernos, totalmente confiável e segura. Vale a pena ter um!

O elevador moderno é muito mais inteligente do que aquelas plataformas antigas com portas de grade que subiam e desciam levando pessoas aos trancos, nunca se alinhavam com o piso do andar e as vezes nem atendiam os chamados.  Botões enormes e feios com números brancos em fundo preto, portas que batiam nas pessoas, ruídos pra todo lado.

Exemplo de plataforma antiga totalmente mecânica e sem inteligência.

Porta Pantografica tipo grade, com segurança mínima.

De vez em quando estancavam e não saiam do lugar ou até caiam um pouco devido ao peso excessivo das pessoas.   Outras vezes parecia que caiam mesmo indo parar com batida forte no poço abaixo do nível do térreo.

Os indicadores eram todos mecânicos com plaquetas numeradas que giravam indicando o andar ou com flechas que giravam no circulo de números.

Inteligência? Nenhuma!   Eram feitos só para subir e descer.   Nada mais.

 

A única coisa que sabiam fazer era ligar o motor para subir, parar e ligar o motor para descer.

Para estacionarem alinhados no andar eles jogavam com a sorte de desligar o motor um pouco antes e aplicar o freio e apostar que deslizaria até próximo do andar.  As vezes conseguia!

 

Hoje o elevador moderno acompanhou o advento da Informática e da automação e tem um cérebro inteligente:  É o COMANDO ELETRONICO VVVF.

Este Comando incorporou uma Placa-Mãe com Microprocessadores iguais ou até melhores do que os computadores de mesa domésticos.

Comando VVVF: inteligente e moderno.
O Inversor é a caixa superior a esquerda, a Placa-Mãe é a primeira placa superior a direita.

 

Em conjunto com uma novidade tecnológica chamada de INVERSOR DE FREQUENCIA, ele também ajusta a velocidade do motor a cada segundo e consegue alinhar perfeitamente com o andar.   Ele ajusta a velocidade alterando a voltagem que a Placa-Mãe aplica no Inversor, que, por sua vez, altera a frequência da energia que envia ao motor fazendo a velocidade variar:  maior frequência = maior velocidade, menor frequência = menor velocidade, frequência zero = velocidade zero.  Ele freia sem usar o freio!!!   Dai vem o nome VVVF que quer dizer “variação de voltagem, variação de frequência”.

Mas a Placa-Mãe faz muito mais.

Exemplo de um contato de porta que compõe a Linha de Segurança do Elevador.

Primeiro ela cuida da Segurança das Pessoas.  Não permite ligar o motor enquanto houver alguma porta aberta em qualquer andar.  Isto se chama de LINHA DE SEGURANÇA, que é uma serie de contatos em todas as portas interligados entre si de maneira que informam a Placa-Mãe se algum deles estiver aberto.   Não tem choro!  Se não fechar, o motor não liga.   Mas a Placa-mãe é impaciente, se alguém estiver segurando a porta por muito tempo ela vai tocar um alarme…  se a pessoa não soltar a porta mesmo após o alarme, ela vai empurrar a pessoa com porta tentando fechar devagar…  Vai importunar esta pessoa!!!

Durante a viagem a porta da cabina fica travada fechada para ninguém abrir e se machucar, mas se algum intraventor conseguir destravar, a Placa-mãe desliga o motor imediatamente.

 

Comando VVVF.
O Inversor é a caixa superior a direita, a Placa-Mãe é a placa vermelha a esquerda.

Outra função da Placa-Mãe são as possíveis programações de estacionamento da cabina quando ninguém chamar por algum tempo, ela leva a cabina até o Térreo ou até a Garagem, ou ainda, em algum andar intermediário, conforme o sindico programar.

Existe a programação de atendimento de chamados somente na descida.

Existe o atendimento em grupo, onde a cabina que estiver mais próxima atende o chamado.

Em alguns elevadores de alto desempenho, há uma Inteligência Estatística que aprende o trafego de cada andar dependendo do horário e já envia a cabina para lá no horário de pico.

E os moleques que entram na cabina, apertam todos os botões e saem correndo?    Nos elevadores modernos a Placa-Mãe, verifica se em cada andar que ela atendeu um chamado, alguém realmente entrou ou saiu da cabina.  Se ela perceber que ninguém entrou, nem saiu nos últimos dois andares que parou, ela vai desmarcar todos os botões que o moleque marcou.   A Placa-Mãe sabe se alguém entrou ou saiu da cabina quando o sensor infravermelho da porta for interrompido pelo corpo da pessoa.   Isto serve também para evitar que a porta bata numa pessoa que estiver entrando enquanto ela está fechando.  A Placa-Mãe reverte o motor da porta e abre-a, evitando prender ou bater na pessoa.

Comando VVVF.
O Inversor é a caixa superior a direita, a Placa-Mãe é a placa superior a esquerda.

Todos este contatos e sensores garantem a segurança do usuário, mas também podem se tornar uma dor de cabeça para o Condomínio e até para o Técnico de manutenção quando começam a falhar ou foram mal ajustados.

Se um contato de segurança se oxida ou fica sujo com impurezas jogadas pelas faxineiras por baixo da porta do elevador, ele vai indicar para a Placa-Mãe que ele está aberto e ela vai desligar o motor!    Pode prender passageiros na cabina!

Às vezes, técnicos inescrupulosos inutilizam o contato, deixando o elevador funcionando, mas sem segurança. Podem causar acidentes graves e fatais.    Algumas Placas-Mãe já possuem inteligência para detectar quando um contato foi inutilizado.  Se ela verificar que a cabina parou no andar, a porta abriu, alguém entrou na cabina e o contato não abriu…  ela desliga tudo!

Uma função muito interessante da Placa-Mãe é um dispositivo inteligente que percebe quando a energia do elevador é desligada devidos a problemas com a concessionária. A Placa-Mãe então liga o gerador (se houver gerador no prédio) e conecta um elevador de cada vez neste gerador para salvar os passageiros que porventura estiverem presos na cabina e levá-los até o andar Térreo do Edifício.

Estaciona este elevador e conecta o segundo elevador, da mesma maneira salvando os passageiros transportando-os até o Térreo. Se houver mais elevadores,  ela repetirá este procedimentos com cada um deles para não sobrecarregar o gerador. Após salvar todos os passageiros, ela deixará conectado e funcionando com o gerador apenas o Elevador de Serviço que atende todos os apartamentos.

Quando a energia for restabelecida, a Placa-Mãe vai esperar 10 minutos até que perceba que a energia estabilizou e só então conectará os Elevadores novamente na Concessionária, um de cada vez.

A ultima coisa inteligente que a Placa-Mãe comanda é quando ela percebe que perdeu a contagem dos andares e não sabe mais onde está, em qual andar está!    Ela desliga tudo mas ordena que a cabina desça em velocidade reduzida até encontrar uma chavinha no poço do elevador e saber onde realmente está.  Daí em diante ela funciona normalmente.   Se o seu elevador, apagar todos os números dos andares e começar a descer devagar, não se assuste, ele está procurando a chavinha do poço!

Excesso de pessoas também causa um alarme e pede para alguém sair.

Esta é a inteligência dos elevadores modernos.   Totalmente confiável e segura.   Vale a pena ter um!

 

Para maiores dúvidas entre em contato conosco.