contato@drelevador.com.br     tel.(11) 3791.3304 / (11) 9252.6993

Causas dos acidentes em elevadores

• Portas não travadas:
Neste momento é que existe o perigo. A porta manual, ao ser aberta pela chave de emergência sem que a cabina esteja nivelada, necessita ser fechada de tal maneira que a trava se arme novamente fazendo um “click” . Pessoas não habilitadas apenas soltam a porta, não verificando seu travamento. As vezes, devido ao vento, é necessário empurrar a porta para travá-la.

• Como acontece:
- Portas não travadas, um usuário desavisado abre a porta pensando que a cabina está estacionada no andar.
- As pessoas não percebem a ausência da cabina.
- A queda pode ser fatal se a altura for de dois andares.
- Pessoas idosas são mais vulneráveis.

• Como prevenir o acidente:
- No caso de passageiros presos aguarde a chegada do técnico ou do bombeiro.
- Em geral, o técnico atende a chamada de emergência em 20 minutos ou menos.
- Abertura emergencial de portas tipo batente dev ser feita somente por pessoas especializadas.  Não entregue a chave ao zelador, porteiro, síndico, etc.

•  Violação ou inutilização de contatos de segurança:

Como acontece:
- O técnico inescrupuloso ou leigo descobre que um contato de segurança está falhando e causa a parada do equipamento, prendendo passageiros constantemente.
- Ao invés de corrigir o defeito trocando o contato, o inescrupuloso coloca o contato em curto, eliminando a segurança.
- O elevador passa a partir em movimento mesmo com a porta aberta caso alguem o chame de outro andar.
- Pode esmagar uma pessoa.

•  Como prevenir o acidente:
- Contrate somente empresas de manutenção idôneas.
- Não acredite em soluções rápidas e de baixo custo. São bombas-relógio
- Não entregue a chave ao zelador, porteiro, síndico, etc.

Problemas intermitentes são sinal de peças desgastadas. É necessário a substituição.